anderson

Campanha Unicamp Solidária – Cestas Básicas pede novas doações

A pandemia vive o seu momento mais crítico, com hospitais e UTIs operando em sua capacidade máxima e o endurecimento das medidas para controlar a disseminação do vírus. Além da forte pressão no sistema de saúde de nossa cidade, há um impacto significativo na vida de pessoas que tiveram queda na renda ou perderam o emprego. Com isso várias famílias têm enfrentado grande dificuldade para adquirir alimentos e produtos de limpeza.
Em março de 2020, a Unicamp criou a campanha UNICAMP SOLIDÁRIA CESTAS BÁSICAS para arrecadar fundos e, com eles, comprar cestas básicas que possam ser entregues para essa população que passa por esse momento tão difícil.
Em Campinas a Campanha conta com a parceria do Banco de Alimentos de Campinas e, em Limeira, tem o apoio do Fundo Social de Limeira e do Ceprosom – Centro de Promoção Social Municipal, ligado à Secretaria Municipal de Assistência Social.
A Universidade tem um papel fundamental no controle e busca de soluções para a pandemia, sendo um deles engajar sua comunidade para ajudar as famílias que mais precisam. Todos podem fazer a diferença, mesmo sem sair de casa.
As doações podem ser feitas no site http://www.funcamp.unicamp.br/portal/campanha/index.htm, por meio de depósito bancário, cartão de crédito ou boleto bancário.
Não há valor mínimo e as doações podem ser feitos por transferência, cartão de crédito ou boleto!
Sua ajuda é muito importante!

Taste-safe sensory nulla dignissim

Consectetur enim viverra etiam semper interdum amet faucibus gravida bibendum nisl orci adipiscing ut in tristique diam bibendum turpis in nec nisi amet, ac sit adipiscing egestas gravida accumsan elit id viverra dolor volutpat mauris tortor odio diam nam sit et, sed in amet ultrices libero, posuere aliquet semper adipiscing turpis hendrerit id interdum elementum.

  • Aliquam nec, in diam aliquet
  • Sed curabitur in purus et tincidunt
  • Aliquet nibh volutpat felis
  • Tincidunt nibh sed lectus odio a leo

Diam morbi hendrerit congue tortor sociis lacus libero mauris, viverra massa morbi adipiscing nulla montes, nunc lectus blandit eget lacinia fermentum volutpat lectus risus vel sit blandit sit amet consectetur malesuada tempus tristique non neque, ac amet magnis ac quam mauris eu pulvinar mauris, ipsum sit massa pellentesque ornare ut nibh congue quis massa velit velit dolor, massa consectetur diam et lectus neque in.

Morbi dictum mi adipiscing ultrices lacus, netus et porttitor neque diam auctor viverra facilisis ullamcorper at et id et lectus consequat, dictum enim gravida turpis semper dictum egestas erat enim fringilla dui interdum velit urna, suspendisse accumsan hendrerit cras a, egestas mi pellentesque augue a, enim duis massa.

Exploring the duis lacus turpis faucibus

Ultrices ipsum tempor eget lectus etiam at vitae risus arcu malesuada ullamcorper urna faucibus egestas viverra faucibus sed mattis eu, faucibus velit nunc est felis, morbi orci, tristique convallis amet malesuada massa vitae tortor eu sed sit est orci semper.

Diam morbi hendrerit congue tortor sociis lacus libero mauris, viverra massa morbi adipiscing nulla montes, nunc lectus blandit eget lacinia fermentum volutpat lectus risus vel sit blandit sit amet consectetur malesuada tempus tristique non neque, ac amet magnis ac quam mauris eu pulvinar mauris, ipsum sit massa pellentesque ornare ut nibh congue quis massa velit velit dolor, massa consectetur diam et lectus neque in.

  • Aliquam nec, in diam aliquet
  • Sed curabitur in purus et tincidunt
  • Aliquet nibh volutpat felis
  • Tincidunt nibh sed lectus odio a leo

Pretium porta convallis potenti non in ipsum tortor, varius sagittis, vitae arcu cursus ullamcorper ornare quis nunc egestas maecenas ultrices massa amet elit, blandit egestas pretium rutrum tempor iaculis interdum ornare placerat proin imperdiet at nulla scelerisque dis dui massa vulputate cras lorem sed id ornare accumsan magna elementum ut nulla tincidunt convallis nunc in et.

How to improve venenatis ultrices nulla

Mi vel morbi tristique adipiscing magna tristique porttitor quis vel elementum amet commodo diam hendrerit odio sit cras vel vel arcu semper tellus sapien morbi sit iaculis amet mauris tellus velit donec ipsum rhoncus fusce in volutpat congue quis pharetra.

Donec molestie enim vitae id tempus etiam malesuada consectetur eget aenean purus lacus, nunc ipsum tincidunt fermentum viverra et massa etiam in a mi dui sed sed sit est at magnis nam amet risus sed non ut malesuada sed congue cras urna feugiat cras purus, eget mauris purus tristique leo nisl, donec elit eget blandit arcu aliquam libero faucibus turpis dignissim donec magnis tincidunt.

Rhoncus ut nibh tellus felis, aliquet risus risus commodo, metus suscipit dui libero cras molestie curabitur mattis ut praesent nulla rhoncus tempor vestibulum mattis tempus feugiat et mollis nibh dui, sed sollicitudin.

Sed rhoncus ultricies

A est adipiscing duis lacus turpis faucibus urna a, tincidunt sit enim nisl mauris in pellentesque hendrerit egestas faucibus amet eu amet velit nulla magna nulla cursus mi aliquam ac eu sagittis.

Campanha Unicamp Solidária na TV Câmara

Na última sexta feira, dai 26, a Campanha Unicamp Solidária foi tema de reportagem na TV Câmara, canal da Câmara dos Vereadores da cidade de Campinas. A reportagem foi ao no programa Câmara Total.

Em operação desde março de 2020, o objetivo da Campanha Unicamp Solidária-Cestas Básicas é ajudar a população mais vulnerável da cidade de Campinas por meio da doação de alimentos e produtos de higiene e limpeza. De acordo com dados da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Campinas, por conta da pandemia cresceu muito o número de famílias com dificuldades de adquirir alimentos e produtos de limpeza. Por meio da Campanha, a Unicamp fortalece as ações da Prefeitura no atendimento à essas famílias. “Acreditamos que a Unicamp tem uma importante função social e foi nesse sentido que a DEPI se engajou nessa Campanha, para ajudar a cidade de Campinas nesse momento crítico que enfrentamos”, afirmou o diretor da DEPI, Marco Aurelio Pinheiro Lima.

A pandemia não acabou e seus efeitos ainda serão sentidos por um bom tempo. “As doações continuam sendo necessárias e ajuda de todos pode beneficiar várias famílias em situação de vulnerabilidade social e nutricional”, disse a Secretária de Assistência Social de Campinas, Eliane Jocelaine Pereira. Confira a reportagem:

Como funciona – O site da campanha foi desenvolvido pela equipe de TI da Funcamp, que inclui uma área exclusiva para o acompanhamento das doações recebidas. “Como Fundação de apoio à Universidade e motivada pelo objetivo da campanha – de atender a população em situação de vulnerabilidade de Campinas – a Funcamp incorporou a iniciativa da Universidade e disponibilizou as ferramentas necessárias para execução do projeto”, contou Cleusa Ferreira, diretora da Funcamp. Para facilitar as doações a ferramenta desenvolvida foi integrada com a operadora de cartão de crédito e com o sistema de emissão de boletos bancários, visando abranger o maior número possível de doadores. Com os valores arrecadados, a área de compras da Fundação efetua a aquisição de cestas em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social que determinou a composição destas cestas. Elas são entregues diretamente no Banco de Alimentos de Campinas.

Então, instituições já cadastradas na Secretaria de Assistência Social de Campinas retiram as cestas para entregar às famílias em situação de vulnerabilidade. A Fundação elabora a prestação de contas destas aquisições que estão disponibilizadas no site e permite transparência na utilização dos recursos.

Números

  • Valor arrecadado até agora: R$ 1.441.940,46
  • Cestas adquiridas e entregues no Banco de Alimentos de Campinas: 27.197
  • Doadores: 1009
  • Parceiros:
    • Funcamp
    • Banco de Alimentos de Campinas (Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Campinas)
    • The Comemos Project
    • IFood
    • Centro de Pesquisas Werher von Braun
    • Sem Parar
    • Itaú Social
    • Juni

Para doar para a Campanha Unicamp Solidária-Cestas Básicas basta clicar nesse endereço: http://www.funcamp.unicamp.br/portal/campanha/index.htm

Campanha Unicamp Solidária-Cestas Básicas perto dos mil doadores

Quase mil doadores, mais de R$ 1.400 milhão em recursos arrecadados, 26.522 cestas compradas, esses são alguns números da Campanha Unicamp Solidária Cestas Básicas, iniciativa da Unicamp para arrecadar recursos para aquisição de cestas básicas para a população em situação de vulnerabilidade social das cidades de Campinas e de Limeira.

A Campanha é coordenada pela Diretoria Executiva de Planejamento Integrado (DEPI) da Unicamp, com apoio da Fundação de Desenvolvimento da Unicamp (FUNCAMP). Em Campinas a campanha conta com a parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (SMASDH) que faz a gestão de entregas do Banco de Alimentos de Campinas, onde as cestas compradas pela Funcamp são entregues. Em Limeira, a parceria com a Prefeitura de Limeira por meio do Fundo Social de Limeira e do Ceprosom – Centro de Promoção Social Municipal.

Desde março, quando houve a decretação da quarentena no Estado de São Paulo, aumentou o número de famílias que passou a depender da doação de alimentos e de produtos de higiene. A Campanha tem contribuído para ampliar a capacidade de atendimento das prefeituras de Limeira e Campinas a essas famílias. No entanto, por conta do período extenso de isolamento social, somado à crise econômica e sanitária que perdurará por tempo indeterminado, a ajuda precisa continuar!

As doações podem ser feitas acessando o site da campanha na internet, onde há três canais para doar qualquer valor: transferência bancária, cartão de crédito e boleto bancário.

Todos podem ajudar, mesmo sem sair de casa!

Secretaria de Administração Regional doa alimentos para Ceprosom Limeira

A Secretaria de Administração Regional da Unicamp realizou, na semana passada, uma doação de alimentos para o Centro de Promoção Social Municipal de Limeira – as instâncias são parceiras na Campanha Unicamp Solidária-Cestas Básicas.
Foram doados açúcar, adoçante, sucos e proteína de soja, totalizando um montante de aproximadamente R$ 4.500,00. Estes alimentos são oriundos de excedente de estoque dos restaurantes universitários de Limeira, os quais experimentaram significativa queda na produção de refeições diárias devido à suspensão das atividades presenciais nos campi da cidade.
A Campanha Unicamp Solidária tem como objetivo ajudar a população mais vulnerável das cidades de Limeira e Campinas que, por conta das medidas de isolamento social, não pode trabalhar e enfrenta dificuldades para adquirir alimentos e produtos básicos para o dia a dia, como produtos de higiene, por exemplo, fundamentais para conter a disseminação do vírus. As doações podem ser feitas pelo site por meio de transferência bancária, boleto ou cartão crédito.
Não há valor mínimo.
Em Campinas a Campanha conta com a parceria do Banco de Alimentos de Campinas e, em Limeira, tem o apoio do Fundo Social de Limeira e do Ceprosom – Centro de Promoção Social Municipal, ligado à Secretaria Municipal de Assistência Social.
A Universidade tem um papel fundamental no controle e busca de soluções para a pandemia, sendo um deles engajar sua comunidade para ajudar as famílias que mais precisam. Todos podem fazer a diferença, mesmo sem sair de casa.

Por Cris Kampf

Restaurante Universitário faz doação para o Banco de Alimentos de Campinas

Normalmente, o Restaurante Universitário (RU) produz 15 mil refeições por dia para alunos, funcionários e professores da Unicamp. No entanto, por conta da pandemia do coronavírus e da suspensão das atividades presenciais na universidade, houve uma queda significativa na produção do Restaurante. Segundo Maria Antonieta Jardine Kikumoto, da Divisão de Alimentação da Prefeitura do campus, desde o dia 13 de maio o número de refeições caiu para cerca de duas mil por dia.

Por conta disso o restaurante está com um excedente em seu estoque. Mas os alimentos não serão descartados, eles serão doados para o Banco de Alimentos de Campinas. “Optamos pela doação para o Banco de Alimentos porque conhecemos a abrangência do atendimento e integridade do serviço que ele presta à comunidade”, afirmou Antonieta.

O Banco Municipal de Alimentos funciona numa área dentro da Ceasa e é resultado de convênio com a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência e Inclusão Social. Fundado em 2003, o Banco arrecada produtos fora da Ceasa em eventos esportivos e culturais, em supermercados, empresas e por meio de parcerias. Os alimentos coletados passam por triagem técnica e são entregues para 120 entidades assistenciais de Campinas, cadastradas e acompanhas pela Secretaria de Cidadania que antes da pandemia atendiam a cerca de 32 mil famílias. No entanto, com a pandemia, o número de famílias atendidas aumentou significativamente. “Desde o início da pandemia já foram distribuídas mais de 30 mil cestas básicas arrecadas pelo Banco de Alimentos, que passou a atender diretamente mais de 50 mil famílias pelos 198 pontos de distribuição cadastrados neste mesmo período”, explicou a Secretária de Assistência Social de Campinas, Eliane Jocelaine Pereira.

A doação do RU complementa as ações que estão sendo feitas no âmbito da Campanha Unicamp Solidária – Cestas Básicas em operação desde abril e coordenada pela Diretoria Executiva de Planejamento Integrado (DEPI Unicamp). Serão doados 980 kg de açúcar refinado; oito frascos de adoçante dietético; 5 mil quilos de arroz integral; 1,8 mil quilos de proteína texturizada de soja e 54 quilos de sagu. Os alimentos seguem para o Banco amanhã, dia 06 de agosto.

A Campanha Unicamp Solidária tem como objetivo ajudar a população mais vulnerável das cidades de Limeira e Campinas que, por conta das medidas de isolamento social, não pode trabalhar e enfrenta dificuldades para adquirir alimentos e produtos básicos para o dia a dia, como produtos de higiene, por exemplo, fundamentais para conter a disseminação do vírus. As doações podem ser feitas no site – http://www.funcamp.unicamp.br/portal/campanha/index.htm – por meio de transferência bancária, boleto ou cartão crédito.

Não há valor mínimo.

Em Campinas a Campanha conta com a parceria do Banco de Alimentos de Campinas e, em Limeira, tem o apoio do Fundo Social de Limeira e do Ceprosom – Centro de Promoção Social Municipal, ligado à Secretaria Municipal de Assistência Social.

A Universidade tem um papel fundamental no controle e busca de soluções para a pandemia, sendo um deles engajar sua comunidade para ajudar as famílias que mais precisam. Todos podem fazer a diferença, mesmo sem sair de casa.

Por Patricia Mariuzzo

Ajude a divulgar a Campanha Unicamp Solidária-Cestas Básicas

A Campanha Unicamp Solidária-Cestas Básicas está em operação desde abril na cidade de Campinas e desde o dia 22/6/2020 na cidade de Limeira. Com o dinheiro arrecadado, a Funcamp compra cestas básicas que são entregues no Banco de Alimentos de Campinas e de Limeira. As cestas são retiradas por instituições previamente cadastradas na Secretaria de Assistência Social das duas cidades.

Com ajuda da comunidade da Unicamp e por meio de parcerias com empresas já foi arrecadado mais de R$ 1,3 milhão e já foram entregues mais de 11 mil cestas básicas, em Campinas. Em Limeira, o valor arrecadado está em R$ 4.055,00, portanto necessário reforçar a ajuda também para essa cidade. O número de famílias em vulnerabilidade social está aumentando, e as doações precisam continuar.

Um dos desafios é ampliar a divulgação da Campanha para manter as arrecadações e seguir ajudando essas famílias. Por isso, é importante a ajuda da comunidade para divulgar a Campanha enviando essa mensagem para grupo de contatos, enviando o banner da Campanha para grupos de WhatsApp, em redes sociais (facebook, instagram….) e no site da Unidade/órgão.

A Doação é muito simples, basta entrar no site da Campanha http://www.funcamp.unicamp.br/portal/campanha/index.htm  e escolher um dos canais de doação.

Unicamp Solidária: responsabilidade social e inovação durante a pandemia

Covid-19: em que pé está? – A pandemia da Covid-19 provocou crises – sanitária, econômica e social  – sem precedentes em todo o mundo e no Brasil. O enfrentamento dessas crises levou também a uma mobilização sem precedentes da ciência e de ações e redes de apoio, particularmente nas universidades públicas. O extraordinário engajamento da comunidade acadêmica resulta também em um impressionante volume de notícias, contribuindo involuntariamente para a infodemia: “um grande aumento no volume de informações associadas a um assunto específico, que podem se multiplicar exponencialmente em pouco tempo devido a um evento específico, como a pandemia atual”, segundo folheto da Organização Mundial da Saúde. A infodemia torna difícil para o público acompanhar o desenvolvimento das pesquisas e seus resultados, das iniciativas de monitoramento da pandemia e dos projetos sociais para mitigar os efeitos da crise. Nesse contexto, torna-se insuficiente dar acesso a informações certas, no tempo certo e no formato certo, características essenciais preconizadas pelo portal da Unicamp. É preciso também fornecer ao público balanços periódicos de como caminham todos as ações e iniciativas noticiadas nos últimos três meses. A segunda reportagem da série mostra como a campanha Unicamp Solidária está ajudando famílias em situação de vulnerabilidade social a enfrentar a crise financeira gerada pelo Coronavírus.

Os novos casos diários de infecção pelo novo coronavírus contabilizados pelas autoridades de saúde são apenas a ponta do iceberg na crise provocada pela pandemia. As perspectivas econômicas para 2020 mostram que, mesmo sendo possível superar os problemas sanitários que o país enfrenta, milhões de pessoas ainda vão sofrer com o desemprego e o empobrecimento. Um levantamento recente feito pelo Fundo Monetário Intenacional (FMI) estima que a economia brasileira pode sofrer um recuo de até 9,1% em 2020. Segundo o IBGE, a taxa de desocupação no país subiu de 11,2% para 12,6% entre janeiro e abril. No entanto, o saldo pode ser ainda maior, já que, por conta da necessidade de isolamento social, muitas pessoas não conseguem procurar emprego e ficam invisíveis nas pesquisas.

Em Campinas, a situação não é diferente. Segundo informações da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (SMASDH), cerca de 9 mil famílias entraram em situação de vulnerabilidade social por conta da pandemia e foram incluídas no cadastro dos beneficiados pela secretaria, que já contava com 32 mil famílias. De acordo com a secretária municipal, Eliane Jocelaine Pereira, é possível que esse número aumente no curto prazo. “Já há projeções de aumento do desemprego em razão do isolamento, das dificuldades econômicas. Nós calculamos então que cerca de mais 5 mil famílias entrem em situação de vulnerabilidade social nesses próximos meses”, avalia Eliane.

Para contribuir com a realidade dessas pessoas e permitir que as inovações produzidas pela universidade potencializem o trabalho das instituições públicas, a Unicamp vem realizado a campanha Unicamp Solidária. A ação tem o objetivo de arrecadar recursos para a compra de cestas básicas que são direcionadas ao Banco de Alimentos de Campinas e distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade por meio de entidades assistenciais. Conta também com empresas parceiras, como o iFood, o Projeto Comemos, o Centro de Pesquisas Avançadas Wernher von Braun e a Fundação Itaú Social.

Até o momento, a campanha já arrecadou mais de R$ 1,3 milhão e superou o valor de 9,4 mil cestas básicas adquiridas. “Nós estamos felizes com os resultados, com a entrada do Itaú Social na campanha nós já passamos de R$ 1,3 milhão, isso representa cerca de 25 mil cestas, é algo ótimo. Mas, ao mesmo tempo, é preocupante se pensarmos que em Campinas temos mais de 25 mil famílias em situação de vulnerabilidade, não sabemos quanto tempo essa crise vai durar, então pode ser que a gente precise chegar nessas famílias mais de uma vez. Por isso, a gente pode dizer que a campanha está começando, ela precisa do apoio da comunidade”, pontua Marco Aurélio Lima, diretor executivo da Diretoria Executiva de Planejamento Integrado (Depi) da Unicamp, unidade que coordena a campanha.

Diálogo com a comunidade e pandemia – Lançada oficialmente em 3 de junho, mas já em atividade desde o início de maio, a campanha Unicamp Solidária surgiu a partir da identificação de que era necessário a universidade agir em prol da população de Campinas mais vulnerável por conta da pandemia do novo coronavírus. A coordenação das ações é feita pela Depi, que possibilita a integração de diversos órgãos da Unicamp com as instituições e entidades que podem contribuir para o trabalho solidário. “Uma das missões da Depi é não falar só com a Unicamp, mas também com a comunidade, conversar com a cidade, criar mecanismos de ampliar a nossa relação com Campinas”, explica Marco Aurélio.

Segundo o diretor executivo, além de contribuir com as famílias que sofrem os efeitos da crise econômica, o pensamento que rege a campanha é o de fortalecer a estrutura de assistência social existente na cidade, ampliando sua capacidade de atender mais pessoas. Para isso, a ação recebe doações de pessoas físicas e empresas, por meio da Funcamp, para a aquisição de cestas básicas encaminhadas ao Banco de Alimentos de Campinas, onde associações e entidades podem retirá-las para fazer as doações à população. A campanha também conta com o apoio de instituições parceiras, como a Fundação Itaú Social, responsável pela doação de R$ 1,2 milhão, valor que deve possibilitar a compra de 25 mil cestas básicas.

O iFood também contribui com a campanha por meio do recurso “doações” disponível em seu aplicativo. Os valores doados pelos clientes são utilizados na compra de cestas básicas entregues pela ONG Ação da Cidadania ao Banco de Alimentos. Outro parceiro é o Projeto Comemos, iniciativa criada em Israel para combater o desperdício de alimentos, que comercializa kits de alimentos de direciona parte dos lucros obtidos para a campanha. As doações para a campanha podem ser feitas pelo site da Funcamp e o pagamento pode ser feito em cartão de crédito, transferência ou boleto bancário. A prestação de contas é feita por esta página, atualizada constantemente.

Para o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, as ações solidárias motivadas pela pandemia serão necessárias por mais tempo no país e, por isso, devem ser incentivadas por mais tempo. “Tenho convicção que este movimento de solidariedade, de doação, de voluntariado, é um movimento que estava represado no Brasil e muito pouco estimulado. Neste momento de tanta dificuldade, de tantos problemas que ainda vamos enfrentar, é algo que está sendo despertado na população e na cultura brasileira e é algo que realmente veio para ficar neste momento tão difícil. Tenho certeza que isso ficará depois que a pandemia passar”, afirma o reitor.

Georreferenciamento, eficiência e segurança – Outra frente de contribuição que a campanha possibilita é a elaboração e aplicação de mapas que utilizam recursos de georreferenciamento para identificar onde estão as famílias que precisam receber as cestas básicas e as entidades que podem fazer essa distribuição, de forma a traçar uma logística que facilite esse trabalho, tornando-o mais eficiente. Eliane Jocelaine avalia que o mapeamento também aumenta a segurança das famílias e das entidades, diminuindo a necessidade de se deslocarem muito durante a pandemia.

“Cestas básicas são volumosas, as pessoas precisam estar mais próximas das suas residências, para que elas não tenham dificuldade. Também é preciso considerar que a maioria dessas pessoas são mulheres, que se deslocam com seus filhos, então quanto mais próximo de suas residências elas estiverem, melhor para elas e também evita que as pessoas saiam do isolamento”, pontua a secretária.

O Centro de Pesquisas Avançadas Wernher von Braun também desenvolve um sistema para facilitar a gestão desses benefícios por parte da Prefeitura de Campinas. O projeto inclui o desenvolvimento de um aplicativo que reúna as funcionalidades de cadastro de novas famílias, entidades que fazem as doações e de estabelecimentos comerciais onde as famílias podem adquirir alimentos. A instituição também planeja facilitar a conversão de doações recebidas em vouchers eletrônicos, que podem ser utilizados pelas famílias em compras realizadas em pequenos comércios locais.

Segundo Marco Aurélio Lima, são ações que têm por objetivo fortalecer o trabalho assistencial da prefeitura no período da pandemia e também no futuro. “Nós estamos abrindo nossa tecnologia para que lá na frente a prefeitura também possa fazer isso, use o georreferenciamento para facilitar os processos dela também. Nosso espírito é fortalecer nossas instituições e grupos existentes”, afirma Marco Aurélio.

Solidariedade também em Limeira – Em 22 de junho a campanha também foi lançada em Limeira, cidade onde a Unicamp mantém três de suas unidades – Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), Faculdade de Tecnologia (FT) e Colégio Técnico de Limeira (Cotil). A cerimônia virtual contou com a participação de membros da Prefeitura Municipal de Limeira e de dirigentes das unidades da Unicamp na cidade, além do reitor, Marcelo Knobel, do diretor executivo da Depi, Marco Aurélio Lima, e de parceiros da campanha.

Na cidade, a campanha seguirá o mesmo modelo aplicado em Campinas de arrecadação de doações para aquisição de cestas básicas e fortalecimento das instituições públicas. No caso, as doações serão repassadas à campanha local “Limeira Solidária: todos a favor da vida”, organizada pelo Fundo Social de Solidariedade de Limeira e pelo Centro de Promoção Social Municipal (Ceprosom), autarquia responsável pela assistência social na cidade.

De acordo com Maria Aucélia Damaceno, presidente da Ceprosom, o número de famílias que entraram em situação de vulnerabilidade também aumentou em Limeira. Ela afirma que a demanda aumentou em até três vezes em algumas regiões da cidade. “Essa nova parceria firmada hoje com a Unicamp é muito relevante para todos nós. Ela agrega à nossa campanha e temos certeza que novas empresas e instituições participarão da campanha Limeira Solidária e Unicamp Solidária, sobretudo diante da seriedade do trabalho e da importância da universidade em nossa sociedade”, comenta Maria Aucélia.

As doações para a Unicamp Solidária em Limeira podem ser feitas da mesma forma, mas na página da Funcamp específica para a campanha na cidade. O link pode ser acessado aqui.

“Abrace o futuro, doe agora” – Além da Campanha Unicamp Solidária, todas as ações e projetos da Unicamp que precisam de doações foram reunidas em uma nova página, ajude.unicamp.br. Com o lema “Abrace o futuro, doe agora”, o site facilita o acesso aos diversos canais de contribuição para a universidade, dando visibilidade às campanhas, e também dá aos colaboradores a certeza de que todas as ações são legítimas e seguras.

“A ideia foi fazer um site que concentrasse todas as ações, que desse autenticidade e visibilidade para todas as iniciativas. Assim, as pessoas sabem que suas doações vão ser aplicadas nas áreas que contribuíram. Isso dá mais confiança aos doadores”, explica Marilda Bottesi, professora aposentada da universidade que coordena a organização do site.

A página também será atualizada com conteúdos em texto e vídeo mostrando como as doações estão sendo aplicadas nas diversas frentes de trabalho da Universidade e convidando a novas contribuições. A identidade visual do site foi elaborado pela Agência Sabiá, uma das empresas filhas da Unicamp. O link de todas as campanhas e de empresas e instituições parceiras também estão disponíveis no site.

Por Felipe Mateus da Ascom Unicamp