Doações para “Unicamp Solidária” já somam mais de R$ 1,3 milhão

Doações para “Unicamp Solidária” já somam mais de R$ 1,3 milhão

As doações para a Campanha Unicamp Solidária, que tem o objetivo de arrecadar fundos para a compra de cestas básicas para o Banco Municipal de Alimentos de Campinas, já atingiram um total de R$ 1.322.784,86. O valor foi atingido graças à colaboração de mais de 590 doações realizadas por pessoas físicas, empresas e instituições. Entre as doações recebidas mais recentemente, destacam-se o repasse de R$ 20 mil pelo Projeto Comemos, organização parceira da campanha, e a doação de R$ 1,2 milhão feita, em parcela única, pela Fundação Itaú Social.

Com total já arrecadado, a organização da campanha estima já ser possível adquirir cerca de 25 mil cestas básicas, que serão doadas ao Banco Municipal de Alimentos de Campinas e beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade na cidade. “Com esse valor, vamos conseguir doar um grande número de cestas, calculamos cerca de 25 mil”, explica Marco Aurélio Pinheiro Lima, diretor executivo da Diretoria Executiva de Planejamento Integrado (DEPI) da Unicamp, que organiza a campanha.

A doação de R$ 20 mil feita pelo Projeto Comemos é a segunda realizada pela organização, que já tinha repassado à campanha R$ 10 mil. O projeto comercializa kits de alimentos, fornecidos por restaurantes parceiros. Parte dos lucros obtidos são doados a profissionais do setor alimentício que estão enfrentando dificuldades com a pandemia e outra parte é encaminhada à Campanha Unicamp Solidária.

Já a doação recebida da Fundação Itaú Social, de R$ 1,2 milhão, já era prevista no início da campanha. No entanto, a fundação faria o pagamento em três parcelas. O repasse do valor integral deve impulsionar os trabalhos e também incentivar outras empresas e instituições a colaborar com a ação.

Ajudar o maior número possível de famílias – A Campanha Unicamp Solidária surgiu como mais uma das formas com que a universidade contribui com o bem estar social durante a pandemia do novo coronavírus. As cestas básicas adquiridas com as arrecadações vão potencializar o trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (SMASDH) de Campinas. “Nossa primeira meta era doar, pelo menos, uma cesta básica para cada uma das 32 mil famílias. Mas vendo a situação da pandemia, essa necessidade das famílias vai durar, no mínimo, até o fim de 2020. Então vamos mantê-la até o fim do ano e pedir para que mais pessoas apoiem nossa ação”, comentou Marco Aurélio na ocasião.

Marco Aurélio Lima calcula já ser possível atender cerca de 25 mil famílias em situação de vulnerabilidade

O lançamento, realizado de forma virtual em 13 de maio, foi marcado pela entrega das primeiras 386 cestas básicas ao Banco de Alimentos de Campinas. Do total arrecadado pela campanha até o momento, já foram empregados R$ 74.445,00 na compra de 1.418 cestas básicas. A prestação de contas completa pode ser conferida no site da campanha.

Além da Fundação Itaú Social e do Projeto Comemos, o iFood também contribui com a campanha por meio do recurso de doações disponível no aplicativo da empresa. Os valores doados pelos clientes serão utilizados na compra de cestas básicas entregues pela ONG Ação da Cidadania ao Banco de Alimentos de Campinas. As doações podem ser feitas via Funcamp por meio desta página e o pagamento pode ser feito por transferência bancária, boleto ou ainda por cartão de crédito.

Por Felipe Mateus/Ascom Unicamp