DEPI e DEAS mapeiam os casos suspeitos de Covid-19 do HC da Unicamp

DEPI e DEAS mapeiam os casos suspeitos de Covid-19 do HC da Unicamp

A DEPI (Diretoria Executiva de Planejamento Integrado) e a DEAS (Diretoria Executiva da Área de Saúde), órgãos da Reitoria da Unicamp, consolidaram parceria para realizar um mapeamento e construção de um painel de controle (dashboard) de todos os pacientes atendidos pelo HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e que foram considerados suspeitos para Covid-19 segundo a equipe médica do HC.

A DEAS envia as informações dos pacientes suspeitos à DEPI em formato de planilha eletrônica, mantendo todo o sigilo dos dados confidenciais. A Coordenadoria de Georreferenciamento da DEPI realiza a geocodificação das informações da planilha eletrônica gerando uma camada georreferenciada, que possibilita a criação do web map temático e a criação, programação e configuração do painel de controle.

O mapeamento identifica a expansão territorial dos atendimentos realizados pelo HC, tanto em Campinas quanto nos municípios dentro e fora da região metropolitana, de todos os casos suspeitos (confirmados ou não), podendo ser usado como subsídio às ações de gestão e planejamento (tanto do hospital como de políticas públicas), no curto, médio e longo prazos.

O painel de controle contendo o mapa interativo e indicadores pode ser acessado em https://arcg.is/e91Wz (versão desktop) ou https://arcg.is/15OjSy0 (versão mobile) e está publicado na página da Unicamp sobre o Covid-19.