Unicamp inicia campanha para arrecadar e distribuir cestas básicas

Unicamp inicia campanha para arrecadar e distribuir cestas básicas

Diante da atual situação de pandemia da COVID-19, provocada pelo vírus SARSCoV-2, a Unicamp, toma a iniciativa de coordenar uma campanha para arrecadação de recursos para aquisição e distribuição de cestas básicas para a população em situação de vulnerabilidade da cidade de Campinas. A campanha conta com a parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (SMASDH) que faz a gestão de entregas do Banco de Alimentos de Campinas. A iniciativa será coordenada pela Diretoria Executiva de Planejamento Integrado (DEPI) da Unicamp, com apoio da Fundação de Desenvolvimento da Unicamp (FUNCAMP).

O objetivo da Campanha Unicamp Solidária é ajudar a população mais vulnerável da cidade que, por conta das medidas de isolamento social, não pode trabalhar e enfrenta dificuldades para adquirir alimentos e produtos básicos para o dia a dia, como produtos de higiene, por exemplo, fundamentais para conter a disseminação do vírus. Trata-se de estabelecer ações de engajamento da comunidade da Unicamp e de seus parceiros, a partir da crença de que todos podem ajudar, mesmo sem sair de casa.

“A Universidade pode e precisa se envolver nestas ações sociais, pois podemos agregar muito valor para ajudar as prefeituras e instituições que estão trabalhando nisso de uma maneira muito importante há algum tempo, mas que agora se torna fundamental. Certamente teremos pessoas muito vulneráveis, que estão já passando fome e necessidades de higiene básica fundamentais. Esperamos juntar a nossa comunidade, empresas e instituições em torno de uma causa comum e mais do que necessária. A Universidade precisa estar cada vez mais próxima da sociedade”, declarou Marcelo Knobel, reitor da Unicamp.

Para colaborar basta entrar no site http://www.funcamp.unicamp.br/portal/campanha/index.htm e digitar o valor que deseja doar e a forma de pagamento (transferência, boleto bancário ou cartão de crédito).

Com os recursos arrecadados, a Funcamp vai adquirir cestas básicas junto a estabelecimentos comerciais que vão entregar as cestas diretamente no Banco de Alimentos de Campinas. A Funcamp prestará conta cotidianamente do valor arrecadado e do número de cestas básicas adquiridas e entregues ao Banco de Alimentos.

A partir do entendimento de que a distribuição de itens de primeira necessidade, como cestas básicas, é uma ação emergencial que faz a diferença para as populações mais atingidas no contexto de pandemia, o Itaú Social dá início à Campanha, com uma doação de R$ 1,2 milhão. O Itaú Social é uma das frentes de investimento social do banco Itaú. A instituição desenvolve, implementa e compartilha tecnologias sociais para contribuir com a melhoria da educação pública brasileira.

Além do Itaú Social, outras empresas também já aderiram à Campanha, como o von Braun Labs, iFood e o projeto “Comemos“. Conforme explica o professor Marco Aurelio Pinheiro Lima, diretor executivo da DEPI, a meta principal desta campanha é fortalecer as ações sociais já existentes. O doador deposita na conta da Funcamp, a Funcamp compra as cestas básicas e entrega no Banco de Alimentos, cuja gestão é da Secretaria de Assistência Social, Pessoas Deficientes, e Direitos Humanos. A secretaria que construiu uma rede de instituições, faz chegar as cestas nas famílias com vulnerabilidade social. A Diretoria Executiva de Planejamento Integrado da Unicamp, com seu programa de georreferenciamento, também se coloca à disposição da secretaria para otimizar o processo de entregas. “Nossos parceiros, IFood, von Braun, Projeto Comemos e Itaú Social aderiram e seguem a mesma estratégia. Temos certeza que muitos outros virão”, afirmou.